sexta-feira, dezembro 17, 2010

Espelho visto e revisto

Na manhã de segunda-feira, 13 de dezembro, uns 5 ou 6 ônibus azul-e-amarelo e mais um punhado de vans levavam  hordas de turistas para conhecer o Quadrado e as praias de Trancoso.
E nós, por sorte, saíamos da cidade com duas novas amigas, Janet e Leila.
Tínhamos um destino certo: Caraíva. Mas no meio do caminho mudamos de ideia...
Um casal que encontramos na estrada nos disse que aquele era o último dia pra ver as piscinas da Praia do Espelho antes da mudança da maré. Assim, numa rápida assembleia entre as viajantes, decidimos parar no Espelho, que fica no meio do caminho para Caraíva e que estava planejado para a volta.

A maré morta não estava pra peixes... ops, pra piscinas espelhadas, mas caímos de amores pelo lugar, mesmo assim. As praias são as mais belas que já vimos e a Pousada Recanto do Espelho é simples mas acolhedora.
A noite estrelada com lua crescente iluminou nosso passeio pela praia após o jantar.
E o nascer do sol encheu nossos olhos antes das 5 da manhã.
Foi com uma pontinha de tristeza que saímos no dia seguinte rumo a Caraíva.
Carro parado numa das margens do rio, atravessamos de barco para a outra margem, onde está a cidadezinha. 
O barqueiro nos ofereceu um passeio extra, mediante pagamento de 120% a mais sobre o valor da passagem normal: R$ 4,00. Assim, pela módica quantia de R$10,00 por cabeça, fomos deixadas no encontro do rio com o mar e ganhamos o direito de caminhar por uma praia de tombo, com areia fofa e sol do meio-dia, carregando nossa bagagem - modesta, por sorte! - em busca da Pousada Cores do Mar, que nos fora indicada por um companheiro de pousada em Trancoso. Dá pra imaginar como chegamos lá?
Caraíva, encravada entre o rio e o mar, tem ruas de areia fofa e traçado confuso. Chegar da pousada  até a igreja foi uma aventura cansativa. Acho que Caraíva não é para velhinhas gordas como nós! Ufa!
Às margens do rio, almoçamos pastel no Boteco do Pará e jantamos muito bem no Restaurante Mangaba
Depois do jantar, nova assembleia: ficaríamos um dia mais e faríamos um passeio de boia pelo rio? Voltaríamos para Trancoso, conforme o planejado anteriormente? Ou voltaríamos para mais um dia no Espelho? 
Por unanimidade de votos, venceu a terceira opção.
Dia seguinte, barco de volta à outra margem, estradinha de terra e de novo nossos olhos contemplavam o azul das águas calmas do Espelho.
Mais céu estrelado. Mais lua crescente. Mais um nascer do sol.
Se gostamos?
Dá uma olhada nas nossas carinhas:

Um comentário:

  1. Eu também tive muita dificuldade com essas ruazinhas de Caraíva... rs
    E acho que vocês fizeram a melhor escolha! Eu também não teria dúvidas em optar pelo Espelho!
    Tiago

    ResponderExcluir