segunda-feira, setembro 30, 2013

Copacabana Palace, nós fomos!

São brinde, mas não são as legítimas Havaianas!
Há sempre algumas coisas que a gente gostaria de fazer um dia na vida, mas que não são imprescindíveis para a nossa felicidade, não é mesmo?
E é inegável que a gente fica feliz quando consegue realizar algum desses sonhos.
Foi assim com o Copacabana Palace.
Chegou a hora... fomos no último fim de semana, comemorando antecipadamente o aniversário de Ana.
A quase aniversariante escolheu um quarto frente-mar no prédio principal, espaçoso e com um varandão debruçado sobre a Av. Atlântica, tendo à frente o mar azulzinho de Copacabana. 
O luxo do Copa é sóbrio. Já os preços... não são nada sóbrios. Como idéia, fiquem com uma água com gás 300 ml, nacional, pelo valor de R$ 9,00. Tá bom?
Banheiro confortável. Chuveiro delicioso. Amenities, toalhas e lençóis da Trousseau.
Abertura de cama com chocolatinho.
Nada que eu ou você, viajante, não tenhamos visto em outros bons hotéis pelo mundo afora.
Café da manhã tipo buffet, farto e com as delicinhas normais. Nada, nada mesmo, de excepcional. O iogurte é da Nestlé! E o café, de coador...
O tempo não estava pra piscina ou praia. Mas pudemos notar o perfeito serviço de piscina.
Ficamos pro almoço do sábado. Feijoada. Boa, viu? Mas não foi a melhor da minha vida.
Por insistência de uma amiga que foi almoçar conosco, fomos visitar a cozinha. Quer saber? Preferia não ter ido!
O que conta no hotel é a história que aquele enorme prédio branco representa na nossa imaginação. Quantas e quantas coisas rolaram ali desde que nos conhecemos por gente interessada em turismo. Isso é que é!
Mas valeu a pena? Valeu, sim. Tivemos dois dias de princesas desfilando por aqueles corredores reluzentes. 
E, se houver alguma outra oportunidade, voltarei. Apenas deixou de ser um sonho, um objetivo a alcançar. 
O Copacabana Palace, pra mim, entra na categoria viu tá visto. 

8 comentários:

  1. Sabe que eu também tenho este sonho... E meu marido até já topou passar um final de semana lá... Depois deste post fiquei meio na dúvida se vale a pena. Mas realizar sonhos é sempre muito bom, né? Abraços para você e para a aniversariante Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá, sim, Flora! É tudo muito bom e gostoso.
      Apenas não é TUDO o que a gente espera quando decide pagar a salgada diária.

      Excluir
  2. Carmem, sabe que isso é o que mais ouço de quem se hospeda por lá? que pena para um hotel com toda aquela história, né? mas que bom que valeu a comemoração ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena, mesmo, Mari!
      Acho que a gente chega lá com uma expectativa alta, por toda a história do hotel. Daí a coisa pega, já que o serviço é apenas correto.
      Mas de toda forma, foi uma baita experiência.

      Excluir
  3. Ai fiquei com medo da cozinha haha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rá! Acho sempre melhor não ver as cozinhas...

      Excluir
  4. Parabéns! Gostei muito do seu blog.

    Temos um blog com relatos de viagens também e gostaríamos de convidar para dar uma "viajada" por lá... é Muita Viagem! =)

    Muita Viagem - blog com relato de viagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo elogio.
      Fui lá ver o "Muita Viagem". Achei bonito!

      Excluir